Top 5 Diretores de Cinema

Hoje venho aqui trazer o que eu considero os 5 melhores diretores de cinema, os caras que transformam o script, os atores, os cenarios em algo com sentido e que nos deixa preso a tela em que sua obra é transmitida. Bom ai vai o Top 5 diretores de cinema:

Quentin Tarantinotarantino

Quentin Jerome Tarantino,alcançou a fama rapidamente no início da década de 1990 por seus roteiros não-lineares, diálogos memoráveis e o uso de violência que trouxeram uma vida nova ao padrão de filmes familiares norte-americanos.

Os filmes de Tarantino são conhecidos por seus diálogos afiados, cronologia fragmentada e sua obsessão pela cultura pop. Comumente, são vistos como graficamente violentos e, em seus filmes Cães de Aluguel, Pulp Fiction e Kill Bill, há uma enorme quantidade de sangue jorrando.

Marcas fictícias como os cigarros “Red Apple” e a lanchonete “Big Kahuna Burgers”, de Pulp Fiction, apareceram depois em vários filmes, como Four Rooms, Um drink no inferno e Kill Bill. O diretor também é conhecido por gostar de cereais matinais, que aparecem constantemente em seus filmes, com marcas como “Fruit Brute” em Cães de Aluguel e Pulp Fiction, e “Kaboom” em Kill Bill.

Outra caracteristica refere-se as cenas de diálogos em que a camera se localiza dentro do porta-malas de um carro.A Filmografia de Tarantino é esta:

Como diretor
  • 1987 – My Best Friend’s Birthday
  • 1992 – Cães de aluguel
  • 1994 – Pulp Fiction – Tempo de violência
  • 1995 – Grande Hotel (segmento: O homem de Hollywood)
  • 1997 – Jackie Brown
  • 2003 – Kill Bill: Volume 1‎
  • 2004 – Kill Bill: Volume 2
  • 2005 – Sin City – A cidade do pecado (diretor convidado)
  • 2007 – Grindhouse
  • 2007 – Death Proof
  • 2008 – Inglorious Bastards (anunciado)
Como roteirista
  • 1987 – My Best Friend’s Birthday
  • 1992 – Reservoir Dogs
  • 1993 – Amor à queima-roupa
  • 1994 – Assassinos por natureza
  • 1994 – Pulp Fiction
  • 1995 – Four Rooms (segmento: The Man From Hollywood)
  • 1995 – Dance Me to the End of Love
  • 1996 – Um drink no inferno
  • 1996 – Curdled
  • 1997 – Jackie Brown
  • 2003 – Kill Bill: Volume 1
  • 2004 – Kill Bill: Volume 2‎
  • 2007 – Grindhouse
  • 2007 – Death Proof
  • 2008 – Inglorious Bastards (anunciado)
Como ator
  • 1987 – My Best Friend’s Birthday …. Clarence Pool
  • 1992 – Eddie Presley …. atendente do asilo
  • 1992 – Reservoir Dogs …. Mr. Brown
  • 1994 – The Coriolis Effect (voz) …. Panhandle Slim
  • 1994 – Pulp Fiction …. Jimmie Dimmick
  • 1994 – Sleep With Me …. Sid
  • 1994 – Somebody to Love …. bartender
  • 1995 – Destiny Turns On the Radio …. Johnny Destiny
  • 1995 – Four Rooms (episódio: The Man from Hollywood) …. Chester
  • 1995 – A balada do pistoleiro …. rapaz na pick-up
  • 1995 – Dance Me to the End of Love …. noivo
  • 1996 – From Dusk Till Dawn …. Richard Gecko
  • 1996 – Girl 6 …. Q.T
  • 1997 – Jackie Brown (voz – não creditado) …. voz da secretária eletrônica
  • 2000 – Little Nicky, um diabo diferente …. diácono
  • 2001 – Alias (série de TV) …. McKenas Cole
  • 2007 – Grindhouse
  • 2007 – Planet Terror
  • 2007 – Death Proof
Como produtor
  • 1987 – My Best Friend’s Birthday
  • 1992 – Past Midnight
  • 1994 – Killing Zoe
  • 1995 – Four Rooms
  • 1996 – From Dusk Till Dawn
  • 1996 – Curdled
  • 1998 – God Said, ‘Ha!’
  • 1999 – From Dusk Till Dawn 2: Texas Blood Money
  • 2000 – From Dusk Till Dawn 3: The Hangman’s Daughter
  • 2003 – My Name Is Modesty: A Modesty Blaise Adventure
  • 2005 – O albergue
  • 2005 – Daltry Calhoun
  • 2006 – Freedom’s Fury
  • 2007 – Grindhouse
  • 2007 – Death Proof
  • 2007 – Hostel: Part II (completo)
  • 2007 – Killshot (completo)
  • 2008 – Hell Ride (em pré-produção)
  • 2008 – Inglorious Bastards (anunciado)

Tarantino recebeu os seguintes prêmios:

Oscar

  • Venceu na categoria de Melhor Roteiro Original em 1995, juntamente com Roger Avary, por seu trabalho em Pulp Fiction – Tempo de Violência (1994).
  • Indicado na categoria de Melhor Diretor, por seu trabalho em Pulp Fiction – Tempo de Violência (1994).

Globo de Ouro

  • Venceu na categoria de Melhor Roteiro, juntamente com Roger Avary.
  • Indicado na categoria de Melhor Diretor, por seu trabalho em Pulp Fiction – Tempo de Violência (1994).

Festival de Cannes

  • Ganhou a Palma de Ouro de Melhor Filme em 1994, por Pulp Fiction – Tempo de Violência’ (1994).

Independent Spirit Awards

  • Recebeu os prêmios de Melhor Diretor e Melhor Roteiro, juntamente com Roger Avary, no por Pulp Fiction – Tempo de Violência (1994)

Chan-Wook Park

park-chan-wookChan-Wook Park nasceu em 23 de Agosto de 1963 na Coreia do Sul. Se formou na Sogang University em Filosofia e logo se tornou crítico de cinema e assistente de direção em 1988. Após alguns projetos pequenos, tornou-se conhecido na Coreia por “Joint Security Area“, em 2000. Filme que mostra uma relação de amizade entre soldados da Coreia do Sul e do Norte. Foi um sucesso nas bilheterias locais, batendo até mesmo os filmes estrangeiros. Depois deste projeto, Park resolveu deixar de lado os projetos populares e fazer algo mais pessoal — começa aqui a Trilogia da Vingança. Começando com o filme “Sympathy For Mr. Vengeance“(2002) Park mostrou seu lado violento com uma história sobre o tráfico de órgãos, sequestro e, é claro, vingança. Seguido pelo excelente “Oldboy“(2003), que ganhou o prêmio especial do Júri em Cannes, Park fez de vez seu nome ficar conhecido pelo mundo todo. A Trilogia termina com “Sympathy For Lady Vengeance“(2005), que deixa claro quais são as suas características como diretor.

Particularmente eu considero ” OLDBOY”, um tapa na cara de todos, sem a menor excessão. Quem não viu tem que ver, se não entender, assista de novo, e de novo, e de novo, e se mesmo assim você não perceber as mensagens, vá a um psiquiatra, você tem sérios problemas, ou está cretinamente bancando a Pollyana da Disney. O filme consegue unir em aproximadamente 2 horas, questões como vingança, amor, ultra-violência, o tempo, a crise da vida moderna, a hipnose e obstinação, tudo isso envolto a tabus sexuais.

Stanley Kubrick

kubrick Um  dos maiores gênios do cinema, falecido em  7/3/1999, um dia depois desta pessoa que vos escreve completar 14 anos. Deixou um legado belissimo e extremamente polemico e provocador. Sempre critico ferrenho de seus próprios trabalhos, acumulou desavenças com astros da grande tela, como Kirk Douglas no clássico Spartacus.

O meu preferido de Kubrick, é sem sombra de dúvida, Laranja Mecânica.  Laranja Mecânica tornou-se um clássico do cinema mundial e um dos filmes mais famosos e influentes de Kubrick. O orçamento total do filme foi de apenas 2,2 milhões de dólares.

O filme foi proibido no Brasil na época do lançamento, mas liberado depois de alguns anos com a condição de que a genitália da mulher na cena de estupro, fosse encoberta por meio de manchas pretas sobrepostas à cena. Quem assistiu ao filme naquela época pode perceber que tais “manchas pretas” nem sempre acompanhavam a vagina com os pêlos pubianos. Isso sem contar que a censura era de 18 anos. Tais acontecimentos aqui no Brasil tornaram a censura militar ridicularizada. [ hahahah se fuderam otários!!]

Filmografia

1999 EYES WIDE SHUT DE OLHOS BEM FECHADOS DE OLHOS BEM FECHADOS
1987 FULL METAL JACKET NASCIDO PARA MATAR NASCIDO PARA MATAR
1980 THE SHINING O ILUMINADO SHINING
1975 BARRY LYNDON BARRY LYNDON BARRY LYNDON
1971 A CLOCKWORK ORANGE A LARANJA MECÂNICA A LARANJA MECÂNICA
1968 2001: A SPACE ODISSEY 2001: UMA ODISSÉIA NO ESPAÇO 2001: ODISSEIA NO ESPAÇO
1964 DR. STRANGELOVE OR: HOW I LEARNED TO
STOP WORRYING AND LOVE THE BOMB
DR. FANTÁSTICO Dr. ESTRANHOAMOR
1962 LOLITA LOLITA LOLITA
1960 SPARTACUS SPARTACUS SPARTACUS
1957 PATHS OF GLORY GLÓRIA FEITA DE SANGUE HORIZONTES DE GLÓRIA
1956 THE KILLING O GRANDE GOLPE UM ROUBO NO HIPÓDROMO
1955 KILLER’S KISS A MORTE PASSOU POR PERTO  
1953 FEAR AND DESIRE  

Prêmios

Oscar

  • Melhores Efeitos Especiais
    • 1968 – 2001: Uma Odisseia no Espaço
Indicações
  • Melhor Diretor
    • 1964 – Dr. Fantástico
    • 1968 – 2001: Uma Odisseia no Espaço
    • 1971 – Laranja Mecânica
    • 1975 – Barry Lyndon
  • Melhor Filme
    • 1964 – Dr. Fantástico
    • 1971 – Laranja Mecânica
    • 1975 – Barry Lyndon
  • Melhor Roteiro
    • 1964 – Dr. Fantástico
    • 1968 – 2001: Uma Odisseia no Espaç
    • 1971 – Laranja Mecânica
    • 1975 – Barry Lyndon
    • 1987 – Nascido Para Matar

  Globo de Ouro

Indicações
  • Melhor Filme
    • 1971 – Laranja Mecânica
    • 1975 – Barry Lyndon

 

Framboesa de Ouro

Indicações
  • Pior Diretor
    • 1980 – O Iluminado

 Festival de Veneza

  • Leão de Ouro pela contribuição ao cinema

 Director’s Guild of America

  • Prêmio pelo conjunto da obra (1997)

 Prêmio Luchino Visconti

  • Prêmio pela contribuição ao cinema (1988)

Ridley Scott

Ridley%20Scott%20To%20Tackle%20Werewolf%20Script

Este talvez seja um dos mais queridos pelos nerds e geeks, simplesmente por ter dado vida a Blade Runner, Scott povou a mente de milhares de fãs com a excelente pelicula do caçador de andróides vivido pelo Indiana Jones [ também conhecido com Harrison Ford], além de ter mostrado a arte e o design tenebroso de H.R Giger, no mega-classico nerd ALIEN. Scott também é famoso pela sua grande versatilidade como diretor, ja realizou praticamente todos os generos, e quase sempre seus filmes estão entre os melhores do genero. Sua obra ainda contempla o mega-sucesso “ GLADIADOR“.

 Filmografia:

Body of Lies Rede de Mentiras Rede de Mentiras 2008
American Gangster O Gângster Gangster Americano/American Gangster 2007
All the Invisible Children – segmento “Jonathan” (co-dirigido com Jordan Scott) Todas as Crianças Invisíveis 2006
Kingdom of Heaven Cruzada Reino dos Céus 2005
Matchstick Men Os Vigaristas Amigos do alheio 2003
Black Hawk Down Falcão Negro em Perigo Cercados 2001
Hannibal (filme) Hannibal Hannibal 2001
Gladiator Gladiador Gladiador 2000
G.I. Jane Até o Limite da Honra Até ao limite 1997
White Squall Tormenta 1996
1492 – Conquest of Paradise 1492 – A Conquista do Paraíso 1992
Thelma and Louise Thelma e Louise Thelma e Louise 1991
Black Rain Chuva Negra Chuva negra 1989
Someone to Watch Over Me Perigo na Noite 1987
Blade Runner Blade Runner – O Caçador de Andróides Blade runner – Perigo iminente 1982
Alien Alien, O Oitavo Passageiro Alien – O 8º passageiro 1979
The Duellists Os Duelistas O duelo 1977

Prêmios:

  • Recebeu 3 indicações ao Oscar de Melhor Diretor, por seu trabalho em Thelma & Louise (1991), Gladiador (2000) e Falcão Negro em Perigo (2001).
  • Ganhou o Prêmio Bodil de Melhor Filme Americano, no Festival Bodil, por seu trabalho em Thelma & Louise (1991).
  • Ganhou o prêmio de Melhor Filme de Estréia, no Festival de Cannes, por seu trabalho em Os Duelistas (1977).
  • Recebeu uma indicação ao César de Melhor Filme Estrangeiro, por seu trabalho em Thelma e Louise (1991).
  • Recebeu uma indicação ao Prêmio 5 Continentes, no Festival Europeu de Filmes, por seu trabalho em Gladiador (2000).
  • Recebeu 3 indicações ao Internacional Fantasy Film Award de melhor filme, por seu trabalho em Blade Runner – O Caçador de Andróides (1982), Perigo na Noite (1987) e Blade Runner – O Caçador de Andróides (corte do diretor) (1982).
  • Recebeu uma indicação ao Globo de Ouro de Melhor Diretor de Filme, por seu trabalho em Gladiador (2000).
  • Recebeu uma Indicação ao Golden Satellite de Melhor Diretor, por seu trabalho em Gladiador (2000).
  • Ganhou o prêmio pelo Conjunto da Obra, no Festival de Palm Springs.
  • Recebeu uma indicação ao prêmio David Lean, no BAFTA, por sua direção em Gladiador (2000).
  • Ganhou em 1995 o prêmio Michael Balcon, no BAFTA.
  • Recebeu, em 1992, indicação ao BAFTA de Melhor Filme e Diretor, por seu trabalho em Thelma & Louise (1991).

Martin Scorcese

500Scorsese  O cara é considerado o maior diretor americano vivo. Isso já diz muita coisa. Mestre em filmes violentos, transforma um simples tiroteio em arte. Retrata a mafia muito bem. E pensar que Scorsese queria ser padre, e muitos dos seus filmes trazem o seu selo da sua devoção católica. Muito cedo foi atraído pelo mundo mágico do cinema. Scorsese admitiu sua obsessão pelo cinema no documentário de 3 horas e 45 minutos que realizou em 1995, chamado “ A Personal Journey with Martin Scorsese Through American Movies” (“Uma jornada pessoal com Martin Scorsese pelo cinema americano”).

Entre seus clássicos eu cito Taxi Driver, Touro Indomavel, Os Bons Companheiros, Cabo do Medo, Casino, Vivendo no Limite e Os Infiltrados.

 Em relação a premiações não vou listar todas por que, Scorcese tem em sua carreira a

4 Comentários

  1. Particularmente,sou mais fã dos filmes de Quentin Tarantino,sua violênica excessiva me atrai,muito sangue,tiros,violência,etc.
    obs:não sou nenhum psicopata,só gosto de filmes do tipo ao qual somente Tarantino sabe fazer…

  2. olá, gosto de listas apesar de acha-las injustas, afinal quando se escolhe algo se exclui os demais, sua lista é interessante, mas só é coerente se pensada que é a “sua” lista, já que podemos agrupar diretores por país, genero, epoca, influencia, etc… até…

  3. Concordo com o outro comentário. Eu entrei aqui mais para conferir se Kubrick estava na lista. Se não estivesse, desceria o pau ! xD

  4. qHGv9c comment5 ,


Comments RSS TrackBack Identifier URI

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s